Lesson

Linhas de tendência em Análise Técnica

Na negociação, as linhas de tendência são utilizadas para estimar a direção geral de um determinado mercado. Ao traçar vários pontos de contacto sobre a ação dos preços ao longo do tempo, os investidores podem avaliar não só a provável direção futura dos preços, como também escolher pontos de entrada/saída prudentes para a negociação pretendida.

Uma linha de tendência traçada é uma linha limite para a ação de preços num determinado mercado. Por conseguinte, quanto mais pontos se traça numa linha, mais forte é a confiança por detrás da tendência. Pode afirmar-se que existe uma linha de tendência quando uma linha diagonal é traçada entre um mínimo de três ou mais pontos pivot de preços.

Como regra geral, os investidores preferem ver pelo menos 3 pontos de contacto antes de traçar uma linha de tendência. Quanto mais pontos de contacto tiver uma linha de tendência, maior é a confiança que um investidor tem quando a ação do preço finalmente a atinge.

As linhas de tendência podem também ser desenhadas durante as tendências de queda.

Combinações de tendências

Como é frequentemente o caso num ambiente de negociação real, a ação dos preços de qualquer mercado pode instalar-se numa tendência primária, mas recuar para movimentos transitórios contra a tendência prevalecente.

Ao identificar uma combinação de tendências fracas a curto prazo durante uma forte tendência a longo prazo, os investidores podem encontrar pontos úteis de entrada e saída.

Os investidores podem também procurar fases de fraca consolidação e aplicar linhas de tendência a esses movimentos de preços. O forte ressalto na ação dos preços (exibido a azul) durante a tendência de baixa prevalecente indica que a consolidação não tem uma grande probabilidade de se transformar numa inversão sustentada de alta.

Neste caso, os investidores estarão numa melhor posição caso procurem posições de venda, uma vez que a ação de preços passa por curtos períodos de interesse de compra, em vez de iniciarem posições de compra na (ou perto da) linha de tendência (exibida a vermelho).

Pavio ou corpo?

Uma consideração fundamental para os investidores que utilizam linhas de tendência é se devem traçar uma linha de acordo com o pavio da vela (também conhecido como “cauda”) ou com o corpo dessa mesma vela.

Dependendo do mercado e dependendo da estratégia de negociação, os investidores podem optar por utilizar qualquer um dos métodos. Recomenda-se a experimentação de ambas as abordagens ao longo do tempo e a acumulação de experiência relevante em mercados específicos.

Tenha em mente que não existem regras fixas relativas a linhas de tendência – são uma ferramenta técnica com métodos de aplicação específicos, quase científicos. No entanto, as linhas de tendência incluem também um elemento de arte e criatividade. Em geral, a análise técnica consiste em detetar padrões consistentes, enquanto as linhas de tendência procuram detetar amplas direções de ação de preços ao longo do tempo. Ao experimentar várias técnicas de delineamento, os investidores podem encontrar a forma mais eficaz de detetar tendências de mercado, confluência e inversão de tendências.

No entanto, a consistência também é importante. Por conseguinte, os investidores são aconselhados a escolher uma abordagem que se adapte à sua estratégia de negociação e a manter uma estratégia consistente ao longo do tempo para avaliar a sua eficácia. É contraproducente cortar e alterar técnicas específicas de desenho de tendências ao testar estratégias, pois isto impede o investidor de compreender quais os fatores específicos que influenciam mais o seu desempenho.

Dica útil: Experimente traçar linhas de tendência utilizando o MetaTrader com uma conta de demonstração da BDSwiss. Escolha um método de desenho de linhas de tendência que se adapte à sua estratégia de negociação mais abrangente e mantenha a sua abordagem para evitar a sua própria tentativa de adivinhação. Num ambiente de demonstração, os investidores podem aperfeiçoar as suas capacidades de análise técnica sem receio de erros dispendiosos.